Home Artigos Doação de leite: uma prática que salva vidas!

Doação de leite: uma prática que salva vidas!

por Da Redacao
Publicado: Última Atualização em
Por Dr. Renan Loureiro

No dia 19 de maio é comemorado o Dia Nacional da Doação de Leite Humano. O Brasil tem a maior e mais complexa rede de bancos de leite humano do mundo. São 222 bancos presentes em todos os estados brasileiros.

A produção excessiva de leite materno está entre os relatos mais frequentes das doadoras de leite humano. As mamas ficam tão cheias que algumas mães relatam desconforto entre as mamadas.

Essas mães podem estar ajudando a salvar vidas com o leite não consumido pelo seu bebê. Não existe uma quantidade mínima para doação. Um litro de leite materno doado pode alimentar até 10 recém nascidos por dia. Dependendo do peso do bebê prematuro, 1 ml pode ser suficiente para nutri-lo cada vez que for alimentado.

Os principais beneficiados são os bebês prematuros de baixo peso (inferior a 2.5kg) e aqueles que não podem ser alimentados diretamente pelas mães. Dessa maneira o bebê ganha peso mais rápido, se desenvolve com mais saúde e fica protegido de infecções.

A legislação RDC n 171 que regulamenta o funcionamento dos bancos de leite humano no Brasil, é quem garante todo o cuidado com o leite doado, para que seja analisado, pasteurizado e submetido a um rigoroso controle de qualidade antes de ser oferecido aos bebês.

Devemos nos atentar para uma prática completamente distinta e não recomendada que é a amamentação cruzada. Onde uma mulher com leite excessivo opta por doar diretamente para outro bebê cuja mãe esteja com dificuldade com o aleitamento.

Formalmente conhecido como amas-de-leite, essa prática é contraindicada pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial da Saúde (OMS), pois pode trazer riscos aí bebê como infecções, por exemplo HIV/Aids. A mãe não deve amamentar outra criança e nem permitir que o filho seja amamentado por outra mulher, mesmo sendo sua irmã, prima, mãe ou amiga.

A doação de leite humano salva vidas! Para encontrar um banco de leite humano mais próximo de você, ligue pro número 136 ou acesse o link: https://rblh.fiocruz.br/localizacao-dos-blhs

Dr. Renan Loureiro é clínico geral e anestesiologista na rede SUS em Mato Grosso

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e manuseio de seus dados por este site.

Você pode gostar

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia Mais